Mãe com filhos portadores de deficiência, presa por suposto envolvimento com o movimento Gulen

Hatice Kökoğlu, mãe de um filho e de uma filha portadores de deficiência, foi detida na província de Kütahya por supostas ligações ao movimento Gülen, que o governo acusa de ter realizado uma tentativa de golpe no dia 15 de julho de 2016.

Segundo a conta no Twitter @magdurmesajlari, Hatice Kökoğlu cuidou da sua filha de 7 anos, Meral Kökoğlu, e do seu filho de 6 anos, Ekrem Kökoğlu, desde que nasceram.

No entanto, as duas crianças portadoras de deficiência foram deixadas sozinhas depois da mãe ter sido recentemente detida como parte de uma investigação lançada pelo Ministério Público de Kütahya.

Segundo documentos oficiais divulgados na conta do Twitter, Meral sofrerá de uma deficiência de 78 por cento, e o irmão Ekrem de 98 por cento.

Desde a tentativa de golpe de Estado a 15 de julho 2016, a Turquia transformou-se num centro de pessoas vítimas da purga realizada pelo governo turco. O partido no poder na Turquia e o presidente Recep Tayyip Erdoğan acusam o movimento Gulen de planear a tentativa de golpe de Estado e lançaram  uma purga generalizada destinada a limpar simpatizantes do movimento dentro das instituições do Estado, desumanizando figuras populares e  detendo-as.

O movimento nega qualquer tipo de envolvimento.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: